Notícias

Jovens das Fábricas de Cultura realizarão quatro encontros para refletir sobre o futuro



“Meu projeto de vida” é uma iniciativa que será realizada
nas cinco Fábricas gerenciadas pela POIESIS

As Fábricas de Cultura Brasilândia, Capão Redondo, Jaçanã, Jardim São Luís e Vila Nova Cachoeirinha – unidades da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, gerenciadas pela Poiesis Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura – receberão nos sábados 6, 13, 20 e 27 de setembro, das 14h às 17h, encontros do “Meu Projeto de Vida”, iniciativa que tem por objetivo apoiar os jovens da periferia da capital nas escolhas fundamentais para a construção de seu futuro.

Para participar é necessário ter a partir de 14 anos. As inscrições estão abertas e podem ser feitas pessoalmente na unidade da Fábrica de Cultura de interesse até 6 de setembro. A atividade é gratuita.

O que é o “Meu projeto de Vida?”

Por meio de quatro encontros com dinâmicas, exercícios e conversas em grupo, os participantes construirão um plano para suas vidas, levando em conta estudo, trabalho e vida pessoal. As atividades serão conduzidas pelos educadores que participaram dos processos de formação do projeto: a designer Social Flávia Vivacqua e a equipe de coordenação artístico-pedagógica das Fábricas de Cultura.

Os encontros funcionarão como oficinas de sensibilização para que cada aprendiz desenvolva seu próprio projeto. O ponto de partida é o material do jovem, que consiste em um caderno com diversos exercícios de planejamento e autoconhecimento, com espaços para anotações.

Uma parte do caderno será preenchida individualmente. A outra será completada posteriormente após discussão com o grupo. Os encontros também terão vivências práticas, ou seja, exercícios e brincadeiras com foco nos temas abordados e relacionados com linguagens artísticas.

O “Meu projeto de vida” teve a colaboração de Marcelo Cota, curador do “Meu projeto de futuro”, iniciativa que inspirou a atividade nas Fábricas de Cultura.

 
Todos os Direitos Reservados a FÁBRICAS DE CULTURA.
Desenvolvimento de Sites