FILHXS DA RUA: COM COLETIVO ARA IJÓ

A rua recebe a todes, mas não são todes que conseguem sobreviver nela. Como corpos que são alvos sobrevivem as não presenças da sociedade? A gente aprende na rua… É pensando na/ com a rua que abriremos e mostraremos nossas dores e alegrias ao nos entender nesse mundão que Exu criou! Brindemos na rua com TODAS aquelas que SÃO das ruas também!!

Clicando em "Aceito todos os Cookies" ou continuar a navegar no site, você concorda com o
armazenamento de cookies no seu dispositivo para melhorar a experiência e navegação no site.
Consulte a Política de Privacidade para obter mais informações.

Aceitar todos os Cookies