“O PESO DO CORPO QUE RISCA” COM COLETIVO BLACK IN LAK’ECH

 O espetáculo “O Peso do Corpo que Risca” aborda através do funk o corpo periférico como modo de existência e atuação, compondo a investigação e criação cênica para a dança diante das vivências pessoais, pautando acontecimentos de julgamentos e limitações, levantando questionamentos enquanto vibram sobre sua própria identidade. A obra surge a fim de transmitir a realidade periférica e isso inclui o tempo agitado e tenso existente nas favelas devido às exclusões, preconceitos, sendo assim, desenvolvendo um corpo que anseia por respostas e liberdade.

Clicando em "Aceito todos os Cookies" ou continuar a navegar no site, você concorda com o
armazenamento de cookies no seu dispositivo para melhorar a experiência e navegação no site.
Consulte a Política de Privacidade para obter mais informações.

Aceitar todos os Cookies